sexta-feira, 28 de julho de 2017

A FARRA COM O DINHEIRO PÚBLICO NO BRASIL/BRAZIL

A FARRA COM O DINHEIRO PÚBLICO NO BRASIL/BRAZIL.

SE VOCÊ TIVER A CORAGEM DE PERGUNTAR, NÓS TEREMOS A OUSADIA DE RESPONDER.

Na política, a ganância de querer pôr as mãos no dinheiro público é tão grande que,se você enviar à Brasília, um carregamento de galões de veneno que trás  no rótulo: "Poção Mágica Para o Rejuvenescimento da População Brasileira", "a cúpula da política brasileira" beberia tudo na calada da noite e, no dia seguinte, após a autópsia constaria no laudo médico do IML: "Mortes trágicas por afogamento coletivo".

"A ganância foi tanta em querer se apoderar do que é do povo que não foi nem preciso o veneno entrar em reação química".


AUTOR CRÍTICO DECISIVO INSOFISMÁVEL:

Jeovah Batista de Almeida "Jolly". 

terça-feira, 11 de julho de 2017

ANIVERSÁRIO DO JEOVAH BATISTA DE ALMEIDA "JOLLY" 12 DE JULHO DE 2017

ANIVERSARIANTE

Eis que, inicia aqui e agora, o primeiro ano de uma nova fase, "a década dos 80 anos".
Estamos confiantes, praticando exercícios físicos, alimentando moderadamente, pois,
comer bem, não significa encher o estômago de alimentos de uma só vez,
fazemos 5 ou até 6 pequenas refeições diárias sem exagerar na dose;
"selecionar e comer pouco, para tentar viver muito".

"FELIZ ANIVERSÁRIO"

Jeovah Batista de Almeida
"Jolly"
71 anos, 12 de julho de 1946/2017.
Continue sempre feliz assim como és, tenha uma vida longa,
se cuida parceiro, te amo cara, não morra logo, pois, se você morrer,
não suportarei a sua falta e, morrerei também.

quarta-feira, 5 de julho de 2017

"POR QUÊ, O MACHISMO É PREDOMINANTE DESDE A ERA DAS CAVERNAS ATÉ A ERA CONTEMPORÂNEA"?

"SEM NOÇÃO".

"POR QUÊ, O MACHISMO É PREDOMINANTE DESDE A ERA DAS CAVERNAS ATÉ A ERA CONTEMPORÂNEA"?

"A Conivência Delega Poderes Arbitrários à Quem, Displicentemente". 

O comodismo, o silêncio,
a indiferença e a conivência por submissão das mulheres
no convívio conjugal, familiar, social e cultural,
fortalece favorecendo e delegando poderes de autonomia absoluta
"ao eterno, déspota, vitorioso e predominante machismo cabal na face da Terra";
pense nisso, ou melhor, não pense, "CONTESTE" contestar é negar a exatidão de;
"aqui conosco o machismo não se cria".

"Aqui conosco a transparência é o limite".

AUTOR CRÍTICO DECISIVO INSOFISMÁVEL:
Jeovah Batista de Almeida "Jolly".
05 de julho de 2017.